Skip to content

Atentados à bomba no Asean Summit em Bangkok

Várias bombas explodiram em Bangkok nessa sexta-feira pela manhã (por volta de 04h, horàrio de Brasìlia), ferindo três pessoas, enquanto a cidade sediou reuniões da cúpula regional do Asean Summit, evento no qual estava presente o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo.

De acordo com declarações oficiais das autoridades policiais tailandesas, um total de seis bombas explodiram em três locais e um dispositivo explosivo foi localizado e desativado antes de explodir. As bombas nessas duas áreas foram dispositivos explosivos improvisados ​​acionados por timer e outros pequenos dispositivos explodiram em vários locais da cidade.

Pol Col Kamtorn Uicharoen (comissàrio de polìcia de Bangcock), disse que três bombas explodiram no complexo do governo em Chaeng Wattana e uma delas não explodiu. Dois outros saíram na área de Chong Nonsi.

O primeiro-ministro Prayut Chan-O-Cha foi informado sobre “os incidentes e ordenou uma investigação imediata”, disse a porta-voz do governo, Narumon Pinyosinwat, acrescentando que “medidas de segurança foram reforçadas. O público não precisa entrar em pânico”.

De acordo com relatos, jornalistas também foram feridos. Imagem via Bangkok Post

Uma segunda explosão quebrou vidraças perto de um arranha-céu no centro da cidade, informou a polícia de emergência.

Especialistas em explosivos foram posicionados ao redor da Torre Mahanakorn – pertencente ao grupo King Power, que conta com o clube de futebol Leicester City entre seus ativos.

Uma mensagem postada nas redes sociais do primeiro-ministro na sexta-feira declarava: “Eu condeno o autor intelectual por trás das explosões desta manhã, que destroem as pessoas e a imagem do país. Eu pedi às autoridades que reforcem a segurança para os membros do público e cuidem urgentemente das pessoas afetadas pelas explosões. ”

“As medidas de segurança foram reforçadas. O público é orientado a não entrar em pânico”, disse a porta-voz do governo, Narumon Pinyosinwat.

Aparentemente os ataques são de efeitos psicologicos, destinados a embaraçar o governo durante o evento do Asean Summit principal, mas não projetados para causar baixas em massa.

“Três pessoas sofreram ferimentos leves provocadas por estilhaços”, disse Renu Suesattaya, diretor do distrito de Suanluang, onde foram relatadas as primeiras explosões.

“Recebi um relatório dizendo que eles são ‘bombas feitas com bolas de pingue-pongue’ escondidas em arbustos à beira da estrada”.

“Ainda não sabemos quantas pessoas estão envolvidas”, disse o vice-primeiro-ministro Prawit Wongsuwon, acrescentando que “as pessoas que o fazem querem apenas causar pânico”.

Os atentados ocorreram pouco antes de um discurso de Pompeo, que participa da reunião da Associação dos Ministros das Relações Exteriores das Nações do Sudeste Asiático.

O governo pediu que a mídia evite especulações sobre o motivo dos atentados.

Com informações Bangcock Post via redação Orbis Defense Europa.

O post Atentados à bomba no Asean Summit em Bangkok apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV