Skip to content

Aviação síria e russa efetuam 75 ataques conjuntos em menos de 24h na região de Idilib

A aviação de ataque síria e russa realizaram 75 ataques aéreos na região da grande Idlib nas últimas 24 horas. O Mod da Russia confirmou os ataques mas não divulgou maiores detalhes do envolvimento referente à quantidade e tipo de aeronaves empregadas no ataque de hoje. Os ataques foram efetuados em conjunto com aeronaves sirias e russas operando a partir de bases diferentes não informadas.

De acordo com o grupo de monitoramento sediado no Reino Unido Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR) , os ataques aéreos tiveram como alvo várias cidades e aldeias no norte do campo de Hama e na zona rural do sul de Idlib. Nenhum civil foi declaradamente morto ou ferido.
Ativistas da oposição divulgaram muitos vídeos mostrando os ataques aéreos, especialmente nas principais cidades de Kafr Zita e al-Lataminah, no norte de Hama.

Nos últimos dois dias, a SAA capturou as cidades de al-Arbaeen, al-Zaka e a aldeia de Sakhar, no norte de Hama. O exército está agora se preparando para atacar al-Lataminah e Kafr Zita, ou avançar em direção a Hobait. As unidades do Exército Sirio conseguiram realizar esse avanço rápido graças ao apoio da Força Aérea Árabe Síria (SyAAF) e das Forças Aérea da Rússia que opera em apoio direto.

Na manhã de 8 de agosto, militantes de diversas facções anti-governo e de intregrantes do ISIS lançaram ataques pesados de foguetes Grad nas principais cidades de al-Haffah e al-Qardahah, no interior de Lattakia, e, acabram por atingir diversos alvos civis e nenhum alvo de valor militar na região.
Observadores da Agência de Notícias Árabe Síria (SANA) em Lattakia disse que o ataque feriu pelo menos cinco civis, incluindo duas crianças. “Os ataques terroristas também causaram grandes perdas materiais nas propriedades dos moradores”, acrescentou o repórter.

Al-Haffah e al-Qardahah, a cidade natal do presidente da Síria, Bashar al-Assad, estão entre os maiores centros urbanos do interior de Lattakia. Desde o início do mês atual, os militantes do Idlib intensificaram seus ataques com foguetes no interior do estado.

Em 2 de agosto, um ataque com foguete contra al-Qardahah matou um civil e feriu outros três. Dois dias depois, a cidade de Slanfah no norte Lattakia foi alvo de uma maneira similar. Um civil ficou ferido como resultado.

Esses repetidos ataques de foguetes no campo de Lattakia foram alguns dos motivos que forçaram o Exército Árabe Sírio (SAA) a retomar suas operações militares no Grande Idlib. Hay’at Tahrir al-Sham (HTS) e facções afiliadas à al-Qaeda são responsáveis ​​por esses ataques.

Com informações do Observatório Sírio para os Direitos Humanos (SOHR), Agência de Notícias Árabe Síria (SANA) via redação Orbis Defense Europe.

O post Aviação síria e russa efetuam 75 ataques conjuntos em menos de 24h na região de Idilib apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV