Skip to content

China amplia seus horizontes promovendo cooperação militar internacional

O Exército Popular de Libertação da China (PLA Army), celebrou recentemente o seu 92º aniversário da fundação, sendo ele muito comemorado por seus integrantes, frente aos elogios recebidos de autoridades de forças militares estrangeiras, pela dedicação de seus militares durante a execução de operações conjuntas

Os elogios se devem, por conta do último exercício conjunto de apoio médico realizado pelas forças armadas chinesas e alemãs, Combined Aid 2019, onde pela primeira vez em que uma unidade completa de forças paramédicas da PLA Army visitou a Europa com equipamento de combate real para este tipo de exercício.

O Secretário de Estado do Ministério Federal Alemão para Defesa, Thomas Silberhorn, avaliou positivamente esta cooperação.

“As forças armadas dos dois países executaram a tarefa com grande sucesso porque elas têm a experiência de lutar lado a lado e construíram uma confiança mútua durante o intercâmbio e aprendizagem mútua de longo prazo. Acredito que esta cooperação não é apenas um suplemento benéfico para os próprios exércitos, mas também pode beneficiar o resgate humanitário e o povo internacional. ”

Desde 2012, o exército chinês cem participando ativamente de intercâmbios e cooperações internacionais, neste interstício o PLA Army já realizou mais de 100 exercícios e treinamentos com mais de 30 países.

Ao mesmo tempo, o exército chinês cumpre ativamente as responsabilidades internacionais de um grande país, como a participação das operações de manutenção da paz das Nações Unidas.

Até dezembro de 2018, o exército chinês participou de 24 ações de manutenção da paz e sacrificou 13 soldados, e enviou mais de 100 navios para proteger mais de 6,6 mil barcos chineses e estrangeiros. O chefe-geral da fragata “Rizhao” da Marinha Chinesa (PLA Navy), Li Wei, afirmou:

“Devido à abertura de nossa Marinha, os militares, oficiais e chefes dos navios têm cada vez mais oportunidades de irem ao exterior e expandirem o horizonte de conhecimento. Agora, quando encontramos nossos colegas estrangeiros, embora não falemos bem inglês, queremos nos comunicar e conversar. Podemos ver o entusiasmo de todos. ”

Até hoje, a China já fez contatos militares com mais de 150 países e estabeleceu o mecanismo de negociação e diálogo de defesa com 41 países e organizações internacionais.

Desde 2012, os ministros da Defesa e chefes de Estado-Maior de mais de 100 países já visitaram a China. O exército chinês vem promovendo a construção de uma nova parceria de segurança de igualdade, confiança e cooperação mútua no mundo.

A pesquisadora associada do Instituto de Pesquisa de Guerra da Academia Chinesa de Ciências Militares, Tong Zhen, comentou:

“O exército chinês está se tornando cada vez mais global como uma importante força que defende a paz mundial. As práticas comprovaram que seu desenvolvimento é o crescimento da força da paz mundial e da força para construir a comunidade de destino comum dos seres humanos. ”

  • Com agências internacionais

O post China amplia seus horizontes promovendo cooperação militar internacional apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV