Skip to content

EUA implantam novo sistema de defesa antimíssil em base militar na Coreia do Sul

Militares sul-coreano e dos Estados Unidos transportaram no dia 29 de maio, equipamentos e veículos militares do sistema de defesa antimíssil THAAD, entre outros elementos, para uma base militar dos EUA em uma operação noturna destinada a contornar a oposição dos moradores.

“Os novos mísseis são do mesmo tipo e quantidade que os anteriores”, revelou uma fonte do Ministério da Defesa (MD) Sul-corano que pediu anonimato, enfatizando que os sistemas atuais atingiram o fim de seu ciclo operacional, porém sem informar o número exato.

Segundo a agência de notícias Yonhap, que o MD sul-coreano deu apoio ao transporte dos mísseis, além de geradores de energia e equipamentos eletrônicos para coleta de dados e outros suprimentos destinados a melhorar as condições de vida dos militares da base de Defesa Terminal de Área na cidade de Seongju, a 300 km de Seul.

Comentando as preocupações de que o último transporte fizesse parte do anunciado plano dos EUA para aumentar o desempenho de suas sete baterias THAAD implantadas em vários países do mundo, com uma unidade presente no Coreia do Sul, o funcionário da entidade militar sublinhou que não isso tem nada a ver com a atualização.

“Nenhum lançador de mísseis THAAD adicional entrou na base ou na Coreia do Sul”, disse.

China se opõe a instalação de sistemas THAAD na Coreia do Sul

Ainda no dia 29 de maio, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijian, disse que o país se opõe firmemente à instalação do sistema de defesa antimíssil na Coreia do Sul, exortando aos EUA para não prejudicarem as relações bilaterais entre Pequim e Seul.

Zhao Lijian falou aos jornalistas que a China e Coreia do Sul chegaram a um claro consenso sobre uma resolução faseada da questão da THAAD, acrescentando que o seu país espera que Seul adira a esse acordo.

  • Com agências internacionais


Source: DefesaTV