[email protected]+55 (61) 99682-6245 facebook

logo

publicado em:16/09/19 10:03 AM por: marcelo_mb_rj Notícias

Nesse 16 de setembro pela manhã, as autoridades israelenses anunciaram que fecharam o espaço aéreo na área de 6 km de profundidade na linha de contato com o Líbano. O espaço aéreo estará fechado até 17 de setembro de manhã.

O anúncio ocorreu após dois dias de intenso questionamento por parte da mídia e das principais autoridades norte-americanas, que culparam o Irã por um ataque de drones realizado pelos houthis do Iêmen contra a infraestrutura de petróleo saudita em 14 de setembro.

Fonte: https://israelpalestine.liveuamap.com/en/2019/16-september-israel-closes-airspace-along-the-israellebanese

Os EUA, assim como Israel e Arábia Saudita, culpam o Irã pela incapacidade da coalizão liderada pela Arábia Saudita de obter uma vitória militar em sua guerra contra o Iêmen. O presidente dos EUA, Donald Trump, até jà ameaçou realizar ataques ao Irã em resposta à suposta ‘agressão iraniana’ contra a Arábia Saudita.
Outro fator que está contribuindo para o crescimento das tensões no Oriente Médio é a política agressiva de Israel, apoiada por uma campanha de propaganda em larga escala na grande mídia israelense e norte-americana.

Imagem de tela do Flight Radar 24 das 12:48h UTC. Via redação OD Europe.

Por um lado, a liderança israelense culpa o Irã, o Hezbollah e o Hamas por ameaçarem os interesses israelenses em uma base diária. Por outro lado, Tel Aviv continua sua política expansionista na região, declarando planos para anexar mais áreas palestinas , iniciar uma operação militar terrestre na Faixa de Gaza e até indiretamente reivindicar a responsabilidade por uma série de explosões em posições de milícias aliadas ao Irã em Iraque e Irã.
As ações e atitudes israelenses são ainda mais aguçadas pela campanha eleitoral em andamento no parlamento de Israel. Portanto, os principais políticos e partidos políticos israelenses estão competindo na retórica de guerra e prometem derrotar todos os ‘inimigos israelenses’.

Nas condições atuais, o Oriente Médio parece um barril de pólvora pronto para explorar a qualquer momento. E existem lados do poder que poderiam estar interessados ​​em tal explosão para alcançar interesses políticos e geoeconômicos próprios.

Com informações Reuters & Israel Shalon News24 via redação Orbis Defense Europe.

O post Israel fechou o espaço aéreo na fronteira com o Líbano. Preparativos para a guerra? apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV





Comentários



Adicionar Comentário