Skip to content

Kim Jong-un diz que Coreia do Norte vai abandonar moratória de testes nucleares

O ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un, declarou que Pyongyangestá abandonando suas moratórias sobre testes nucleares e de mísseis balísticos intercontinentais, reportou a imprensa local nesta quarta-feira (01) (noite de terça 31 no Brasil). Ele também disse que o país está desenvolvendo um  novo armamento estratégico.

“Não há mais base para mantermos unilateralmente o vínculo com o compromisso — reportou a agência oficial de notícias KCNA, citando declarações de Kim a líderes do partido governista (…) O mundo vai testemunhar uma nova arma estratégica que a República Popular Democrática da Coreia [nome oficial da Coreia do Norte] deterá no futuro próximo”, acrescentou o líder norte-coreano, anunciando também uma ‘ação impactante’ da Coreia do Norte.

Kim declarou em 2018 que a Coreia não tinha mais necessidade de realizar testes nucleares e com mísseis balísticos intercontinentais (ICBM), e o anúncio desta quarta ameaça acabar com os avanços diplomáticos feitos recentemente nesta área.

Sua declaração diante de um plenário lotado do comitê central do Partido dos Trabalhadores, ao longo de uma conferência de quatro dias, sinaliza que a Coreia do Norte prefere enfrentar sanções internacionais para preservar sua capacidade nuclear.

Kim acusou o governo de Donald Trump de não cumprir o prazo de um ano estabelecido para avanços e exigiu que os EUA propusessem novas concessões nas negociações sobre o arsenal nuclear de seu país.

O ditador norte-coreano já havia avisado que ele teria que buscar um “novo caminho” se Washington não atendesse às suas expectativas. Os comandantes militares dos EUA disseram que as ações de Pyongyang podem incluir o teste de um míssil balístico intercontinental (ICBM), cujo desenvolvimento foi  interrompido em 2017, além de testes de ogivas nucleares.

Segundo Kim, não há mais motivos para a Coréia do Norte ficar presa à moratória nuclear autodeclarada, já que os Estados Unidos continuaram exercícios militares conjuntos com a Coreia do Sul e impuseram sanções análogas a “exigências de mafiosos” , reportou a KCNA.

Ele deixou a porta aberta para o diálogo, dizendo que o “escopo e a profundidade” do desenvolvimento de armamentos militares — chamados de “dissuasores” —  serão “adequadamente coordenados, dependendo da atitude dos Estados Unidos”.

“Colocaremos em alerta constante o poderoso dissuasor nuclear capaz de conter as ameaças nucleares dos EUA e garantir nossa segurança a longo prazo”, afirmou.

Fonte: O Globo

O post Kim Jong-un diz que Coreia do Norte vai abandonar moratória de testes nucleares apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV