[email protected]+55 (61) 99682-6245 facebook

logo

publicado em:7/07/19 12:30 PM por: marcelo_mb_rj Notícias

O governo dos Estados Unidos entregou à Marinha Nacional da Colômbia 12 veículos Humvee, dois deles na versão ambulância, para fortalecer seu potencial de ajuda humanitária. A entrega foi realizada no dia 5 de maio no Batalhão de Mobilidade do Corpo de Fuzileiros Navais Nº 1 em Malagana, no estado de Bolivar.

“Com essa nova aquisição e graças à cooperação com os EUA, a Marinha aumentará sua mobilidade terrestre com maior cobertura e controle da área, para incrementar a segurança e a proteção dos colombianos”, disse o Vice-Almirante da Marinha Nacional da Colômbia Andrés Vásquez Villegas, comandante da Força Naval do Caribe. “Estima-se que em meados de junho os veículos já estejam em operação.”

Assistência humanitária

Muitos países utilizam os Humvees, modificados segundo suas necessidades específicas, como Argentina, Canadá, Chile, El Salvador, Honduras, México e Peru, entre outros. “Os Humvees são estáveis, fortes e versáteis e se adaptam à nova tecnologia. Eles nos facilitam as operações e a permanência”, disse o V Alte Vásquez. “Além disso, são patrulhas dissuasivas de combate.”

O Batalhão de Mobilidade utiliza esses veículos em operações de assistência humanitária em locais afastados e em comunidades que carecem de sistemas de água na Colômbia, acrescentou o V Alte Vásquez.

Os Humvees adquiridos há alguns anos participaram da distribuição de 14.000 galões de água potável para as comunidades de Alta Guajira, em fevereiro de 2019. Foram também utilizados em navios de desembarque anfíbio, para ajudar as vítimas do terremoto que devastou o Equador em abril de 2016. Os veículos todo-terreno participam da defesa da infraestrutura essencial nacional no âmbito terrestre.

“Com a aquisição dos Humvees, a Colômbia e os Estados Unidos reforçam seus laços de amizade e camaradagem através do Plano de Paz Colômbia”, disse o V Alte Vásquez. “O Plano de Paz Colômbia nos ajuda a combater com enorme sucesso a violência gerada pelos grupos terroristas e pelo narcotráfico no país.”

“A relação da Colômbia com os EUA é de cooperação em muitas áreas, toda vez que temos objetivos comuns e não de temor, subordinação ou cumplicidade”, disse à imprensa o chanceler colombiano Carlos Holmes Trujillo. “O governo [da Colômbia] agradece a cooperação dos Estados Unidos.”

#td_uid_1_5d2265bea64e3 .td-doubleSlider-2 .td-item1 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/07/COL-New_Humvee_1-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}
#td_uid_1_5d2265bea64e3 .td-doubleSlider-2 .td-item2 {
background: url(https://www.defesa.tv.br/wp-content/uploads/2019/07/COL-New_Humvee_2-80×60.jpg) 0 0 no-repeat;
}