[email protected]+55 (61) 99682-6245 facebook

logo

publicado em:13/06/19 1:00 PM por: marcelo_mb_rj Notícias

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nessa quarta-feira (12) que enviará mais mil soldados americanos e implementará um esquadrão de vant de reconhecimento MQ-9 à Polônia. O número é a metade do informado pelo próprio Trump uma hora antes de receber o presidente da Polônia, Andrzej Duda, na Casa Branca.

Em entrevista coletiva conjunta, o presidente americano explicou que os meio ficarão alojados em uma base financiada totalmente pela Polônia. “Estabelecimento de um esquadrão de Inteligência, Vigilância e Reconhecimento MQ-9 da Força Aérea dos Estados Unidos na Polônia. Os Estados Unidos pretendem compartilhar informações derivadas das operações deste esquadrão, conforme apropriado, em apoio aos nossos objetivos de defesa”, declarou.

Trump também revelou que os poloneses pretendem adquirir 32 caças F-35. “Estamos abrindo uma nova e emocionante era na relação entre os Estados Unidos e a Polônia”, ressaltou o presidente americano. Os soldados se unirão aos 4,5 mil militares que os EUA mantêm na Polônia como parte de um acordo firmado em 2016 com a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

O pacto foi uma resposta da aliança militar à anexação da península ucraniana da Crimeia por parte da Rússia em 2014. Os dois presidentes não informaram a data que os soldados americanos serão enviados ao território polonês.

Trump, no entanto, chegou a dizer que esses militares seriam transferidos das bases que o país mantêm na Alemanha, revelando ainda que os dois governos assinaram hoje um acordo de prevenção ao crime que pode facilitar a entrada da Polônia no programa de isenção de vistos para turistas dos EUA.  “Tomaremos essa decisão nos próximos 90 dias”, afirmou.

Antes da entrevista coletiva, Trump e Duda foram aos jardins da Casa Branca para assistir às manobras realizadas de dois caças F-35. A apresentação, segundo o governo dos EUA, foi uma forma de agradecimento à Polônia pela decisão de adquirir os aviões americanos.

Desde que chegou ao poder em 2015, Duda aumentou o orçamento do Ministério de Defesa, em parte para comprar mais material militar fabricado por empresas americanas, com o objetivo de conter qualquer ingerência da Rússia na região.

Quando esteve nos EUA em setembro do ano passado, o presidente polonês propôs a construção de uma grande base militar americana no país, que seria batizada como “Fort Trump”.

Questionado sobre a proposta, Trump afirmou que ainda não tomou uma decisão, mas ressaltou que, caso a obra ocorra, a base seria “fenomenal”, teria “ótima boa localização” e “instalações magníficas”.

  • Com agências internacionais

O post Trump anuncia envio de 1 mil soldados e implantação de drones de reconhecimento MQ-9 na Polônia apareceu primeiro em DEFESA TV.


Source: DefesaTV





Comentários



Adicionar Comentário